sexta-feira, 4 de junho de 2010

O vácuo

Desforme parte de mim
destrinchada em palavras.
Curto espaço limitador entre
o sol e o solo, entre o sim e o não.

O fardo

Parte da herança que se fez por insistência,
Da mútua vingança por nós compartilhada,
Do tempo investido em nada, com retorno
certo,  de murmúrios fartos.

O parto

Montanha de virtudes que assombreiam
as mentiras e os pecados de um homem,
Que não passa de um enganador, de um traste.
O vilão que trama as ocultas, e que virá te ceifar.

limita’dor, engana’dor.

9 comentários:

  1. Bom demais ler o que vc escreve =)

    tão intenso, sempre!!
    hehe

    ;*

    ResponderExcluir
  2. vc voltou! acho que somos metade em tudo, ou vácuo apenas? esse post é pra pensar, e muito!
    abçs!

    ResponderExcluir
  3. o vácuo, o fardo e o parto!

    O vácuo entre a certeza e a duvida, o fardo q todos carregam, os retalhos do passado, e parto de conceitos e definições que são tão politicamente corretos q até parecem ser hipocritas...

    ....mas o melhor [é melhor?!] levar no sarcasmo e manter o sorriso..rsrs!

    Muito bom! não sei se era isso que vc pretendia passar mas foi como vi! ;]..rsrs!

    ResponderExcluir
  4. "decisão
    consequencias
    e produto"


    é engraçado qdo leio, eu trago pramim as coisas, depois eu levo ate o momento q qm escreveu escreveu, ai eu fiko tentando ler vc
    ...

    tudo envolve esses tres momentos, tudo, pra qlqr lado que se vá

    ResponderExcluir
  5. Uma poesia de fragmentos, de sentimentos intensos e antagônicos, palavras duras que fazem pensar, buscar seu verdadeiro sentido.
    ...engana'dor...
    Você despertou minha curiosidade e minha atenção.
    Gostaria de tomar um chocolate quente? Convido-o para tomá-lo comigo. Vá, será ótimo.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  6. Muito prazer em recebê-lo, poeta. Espero que te tenha agradado o chocolate, assim como espero que voltes sempre.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  7. aMoR
    pEqUeNo
    VoCe tEm cOiSa pRa PoStAr...
    Li você e você, um pouco mais hoje.
    E entendi, um poco mais, de vcs dois.
    Mas minha saudade vem de você, aquele que é pra mim. Hoje, só hoje.

    ResponderExcluir