segunda-feira, 16 de abril de 2012

Faz favor

Leva embora,
tem compaixão.

Eu não tenho
mais desculpas
para gastar
as minhas luvas
em sua
pele de latão.

12 comentários:

  1. Quando chega ao ponto de se pedir isso, é que nunca foi.

    ResponderExcluir
  2. É assim nem mais luva tem..
    a pele ralou toda..
    bad..
    beijos

    ResponderExcluir
  3. Genial! Gostei do humor.

    Aproveitando, deixo aqui um vídeo para xs leitorxs do espaço:
    http://vimeo.com/40411264

    ResponderExcluir
  4. Que graça! Amei seu ninho! Só não comento mais porque minha conexão é péssima, mas adorei aqui.

    bjsssss meussss

    CAtita

    ResponderExcluir
  5. Gaste as mãos repondo a alma para não caber mais.

    ResponderExcluir
  6. Você escreve muito bem.
    Não tenho o dom da palavra, mesmo assim queria fazer um blog. Fiz não sei se dará certo.
    Um forte abraço.

    ResponderExcluir
  7. Amo poesias...
    E amei as suas!
    Parabéns pelo talento!!!
    Bjs, Tatty


    http://www.suspirofashion.com/

    ResponderExcluir
  8. Olá! Tudo Bem! Meu nome é Ulisses e visitei o seu Blog.
    Gostei e estou seguindo. Adicionei ao meu se não se importa.
    Também tenho 4 blogs e gostaria que você o visitasse.
    E se possível entrar como seguidor. Obrigado
    Os meus blogs são:
    http://truquedevida.blogspot.com.br/
    http://olhosdnoite.blogspot.com.br/
    http://melquisarcarde.blogspot.com.br/
    http://concientein.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  9. Leonardo,como é valioso ser poeta,pois pode dizer tudo com um jogo de palavras que só os poetas fazem.
    Lindo poema,belos versos.Parabéns!Adoro ler e refletir com poesias.Um grande abraço!

    ResponderExcluir
  10. . . .minha luva em sua pele de latão , foi o fim. Muito bom.
    Beijos!

    ResponderExcluir